Dicas

Feedback de colaboradores: saiba como torná-lo eficiente

Escrito por HCM Consulting

O feedback em uma empresa consiste, entre outras aplicações, no retorno dado ao colaborador sobre seu desempenho nas atividades profissionais. Essa ferramenta é amplamente utilizada como estratégia para melhorar o desempenho e o comportamento da equipe. No entanto, dar feedback nem sempre é uma tarefa fácil para o gestor, principalmente quando ele é negativo.

A visão que os colaboradores têm sobre o feedback também não é muito favorável. É importante ressaltar que receber um retorno sobre a avaliação de desempenho não significa levar bronca ou receber apenas críticas, mas muitas vezes é assim que o feedback é visto pelos avaliados.

É muito importante que os gestores mantenham uma relação transparente com sua equipe e sempre deixem o canal de comunicação aberto entre eles. Assim, o feedback não se torna um momento isolado de conversa com os líderes, o que diminui a apreensão dos colaboradores com relação a essa situação.

Neste artigo, vamos mostrar algumas dicas para tornar o feedback de colaboradores mais eficiente. Acompanhe!

Dê feedback frequentemente

Para manter os colaboradores sempre alinhados, o ideal é que o feedback seja dado frequentemente. É muito importante criar uma relação de confiança com os liderados, deixando claro o que se espera deles e o que eles podem esperar de seu gestor.

Para que essa estratégia seja eficiente, é fundamental que se crie o hábito de fazer reuniões de feedback. É possível estabelecer, por exemplo, que sempre ao final de cada projeto será feita uma reunião de feedback. Assim, os colaboradores ficam preparados para esse momento, que pode ser muito construtivo para o desenvolvimento das atividades posteriores.

Escolha o momento adequado

É importante que o feedback não seja dado em um momento de estresse ou conflitos na empresa. Mas também não convém esperar passar muito tempo para tratar de um assunto; o ideal é que os acontecimentos estejam recentes para o gestor e para liderado.

Por isso, é importante dar o retorno aos colaboradores assim que as ações forem concluídas, para que se tenha mais clareza sobre os assuntos que devem ser tratados.

Apresente dados detalhados

Feedbacks que apresentam informações gerais não são eficientes. Por isso, é importante ser específico, reunir os dados e apresentá-los detalhadamente para os colaboradores.

Se houve falha em determinado momento, o ideal é explicar ao colaborador, se possível, se baseando em resultados ou dados concretos. O mesmo deve ser feito quando o desempenho tiver sido adequado. Isso dá maior credibilidade ao feedback e demonstra que os elogios ou críticas não são fornecidos a partir da opinião pessoal do gestor.

Não exponha o colaborador

Um aspecto fundamental do feedback é evitar a exposição de pessoas específicas. Caso tenha acontecido algum problema, o ideal é tratar do assunto sem citar nomes. Isso evita que os colaboradores sejam desmoralizados na frente de seus colegas de trabalho.

Principalmente se o feedback for coletivo, tanto os erros quanto os acertos devem ser tratados como responsabilidade de toda a equipe. Posteriormente, podem ser feitas reuniões individuais com colaboradores que apresentaram dificuldades durante alguma atividade, para mostrar com clareza os aspectos que precisam ser melhorados individualmente.

Reconheça pontos positivos

Durante o feedback, é muito importante mostrar ao colaborador os pontos positivos de seu desempenho tanto técnico quanto comportamental. O reconhecimento é um dos aspectos que mais ajudam na melhoria da performance do funcionário.

Começar pelos pontos positivos também é uma excelente maneira de abrir o canal de comunicação com o colaborador e garantir que ele esteja aberto a possíveis críticas.

Encoraje a melhoria

O feedback não deve ser feito apenas para apresentar pontos que devem ser mudados. Para que ele seja eficiente, é fundamental que o gestor oriente e apoie o colaborador em seu desenvolvimento.

Desse modo, é possível recomendar cursos, leituras ou outras maneiras de melhorar o desempenho da equipe. Juntamente com ele, determine algumas ações que deverão ser colocadas em prática para alcançar melhores resultados.

Estimule a reflexão

Para que seja eficiente, o feedback precisa ser uma via de mão dupla. Não basta que o gestor apresente os pontos positivos e negativos sobre o desempenho do colaborador.

O ideal é que se estimule a reflexão e que o próprio avaliado possa chegar a conclusões em relação ao seu comportamento e performance. Para isso, é importante sempre perguntar e estimular que o colaborador mostre sua opinião também.

Seja cuidadoso com comparações

Para fazer um feedback adequado, nunca se deve comparar o desempenho de um colaborador com o outro. Mesmo que eles trabalhem juntos na mesma equipe, isso deve ser evitado. As comparações não servem como estímulo para a melhoria e podem soar como preferência do gestor por um determinado membro da equipe.

Para manter uma boa relação entre gestor e equipe e entre os próprios membros do time, é importante tratar assuntos individualmente ou considerando a equipe como um todo, caso o feedback seja dado em grupo. Fazer comparações entre colaboradores pode ter o efeito contrário e acabar desmotivando o grupo.

Seja respeitoso

Por ser um momento em que os colaboradores têm de lidar com críticas, é muito importante ser respeitoso e cordial. Isso promove uma relação de confiança e faz com que o momento não seja desconfortável para nenhuma das partes envolvidas.

Além disso, não se deve utilizar rótulos, fazer julgamentos pessoais ou deixar que sua opinião sobre a pessoa interfira no feedback. Tenha sempre em mente que esse momento deve favorecer o desempenho profissional do colaborador e evite fazer qualquer coisa que possa atrapalhar esse objetivo.

Trate de tópicos relevantes

Durante a reunião de feedback, tenha foco nos tópicos que sejam realmente relevantes no desempenho do colaborador. Trate dos assuntos que comprometem o trabalho e evite que a conversa desvie a atenção sobre esses assuntos.

Para isso, é importante elaborar previamente uma pauta para a reunião. Assim, é possível planejar previamente os aspectos mais importantes que devem ser tratados, além de evitar que algum ponto não seja abordado.

Essas dicas ajudarão a tornar o feedback de colaboradores mais eficiente e produtivo. Tenha sempre em mente que o objetivo não é punir ou expor os erros para toda a equipe. É importante criar uma cultura de feedback em sua empresa que favoreça a melhoria no desempenho dos colaboradores.

Gostou do nosso artigo? Não deixe de compartilhar esse conteúdo com seus amigos nas redes sociais!

A HCM Consulting possui uma equipe altamente capacitada e com experiência de mercado que você pode contar para cuidar da sua folha.  Conheça agora o nosso serviço de Terceirização da Folha de pagamento  e garanta, também, a entrega dos dados para o eSocial de forma correta.

Além de terceirização, a HCM Consulting presta consultoria externa (no ambiente do cliente) e interna (acesso remoto), desenvolvimento de soluções práticas, capacitações, desenho de processos e consultoria telefônica para usuários dos módulos do produto Totvs HCM – Linha Datasul®.

Precisa de consultoria? Clique no botão ↴ 

Sobre o autor

HCM Consulting

A HCM Consulting surgiu para atender empresas com consultoria, desenvolvimento, capacitação e desenho de processo no produto Totvs HCM – Linha Datasul.
Além de consultoria, agora nossos clientes também contam com a Terceirização da Folha de Pagamento, que com a mesma qualidade e competência técnica entregamos o gerenciamento desta atividade.

Deixar comentário.

Share This